Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

UM GOLE DE EDUARDO GALEANO,ENTREVISTADO NO URUGUAI

Um gole de Eduardo Galeano
Política, História, ideologia, literatura, futebol. Um bate-papo com Eduardo Galeano, um dos maiores escritores da América LatinaMontevidéu tem seus próprios ventos, que se parecem, em muito, com crônicas de cidade pequena. Além de estreita, antiga. Onde prédios velhos se tocam no alto do céu e olhos se cumprimentam nas praças regadas de folhas. Cafés que falam muitas línguas recebem durante o dia linguagens de todas as partes. São gestos de histórias vizinhas contracenando com sentimentos interioranos que a capital uruguaia abriga em si. Não deixam de captar os olhares, as vozes, as vidas. Uma das ruas mais antigas de Montevidéu é também a que abriga o Café Brasileiro, um dos espaços mais charmosos da Ciudad Vieja, com arquitetura típica do século XIX. Ali, onde o vento do lado de fora parecia fazer a curva para o continente, foi que esperamos pelo encontro com Eduardo Galeano, um dos maiores escritores de nossa América Latina. Enquanto contávamos os minutos …

TU TENS UM MEDO : ACABAR - CECÍLIA MEIRELES

Tu Tens um Medo:
Acabar. 

Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.
Não ames como os homens amam.
Não ames com amor.
Ama sem amor.
Ama sem querer.
Ama sem sentir.
Ama como se fosses outro.
Como se fosses amar.
Sem esperar.
Tão separado do que ama, em ti,
Que não te inquiete
Se o amor leva à felicidade,
Se leva à morte,
Se leva a algum destino.
Se te leva.
E se vai, ele mesmo...
Não faças de ti
Um sonho a realizar.
Vai.
Sem caminho marcado.
Tu és o de todos os caminhos.
Sê apenas uma presença.
Invisível presença silenciosa.
Todas as coisas esperam a luz,
Sem dizerem que a esperam.
Sem saberem que existe.
Todas as coisas esperarão por ti,
Sem te falarem.
Sem lhes falares.
Sê o que renuncia
Altamente:
Sem tristeza da tua renúncia!
Sem orgulho da tua renúncia!
Abre as tuas mãos sobre o infinito.
E não…

A ÚLTIMA ENTREVISTA DE CECÍLIA MEIRELES

A última entrevista de Cecília Meireles A escritora morreu alguns meses depois de ter concedido o depoimento ao jornalista Pedro Bloch, em maio de 1964 “Tenho um vício terrível” — me confessa Cecília Meireles, com ar de quem acumulou setenta pecados capitais. “Meu vício é gostar de gente. Você acha que isso tem cura? Tenho tal amor pela criatura humana, em profundidade, que deve ser doença.” “Em pequena (eu era uma menina secreta, quieta, olhando muito as coisas, sonhando) tive tremenda emoção quando descobri as cores em estado de pureza, sentada num tapete persa. Caminhava por dentro das cores e inventava o meu mundo. Depois, ao olhar o chão, a madeira, analisava os veios e via florestas e lendas. Do mesmo jeito que via cores e florestas, depois olhei gente. Há quem pense que meu isolamento, meu modo de estar só (quem sabe se é porque descendo de gente da Ilha de São Miguel em que até se namora de uma ilha pra outra?), é distância quando, na realidade, é a minha maneira de me deslumbra…

PALAVRAS DO GRANDE MESTRE ARIANO SUASSUNA : RELEMBRE A ENTREVISTA DO ADMIRADO ESCRITOR E DRAMATURGO BRASILEIRO

Ariano Suassuna: relembre entrevista em que autor fala de vida, morte e Deus Escritor e dramaturgo paraibano declarou sua admiração pelo ser humano em conversa com reportagem do Correio Braziliense em março; recorde as posições otimistas do artista
Ariano Suassuna foi homenageado na Bienal Brasil do Livro e da Leitura, em Brasília, no último mês de março. À época, o autor paraibano conversou com a reportagem do Correio Braziliense sobre militância artística, literatura de cordel e de seus diálogos com Deus. "Vergonhosamente, acho que tem mais pedido que agradecimento", admitiu o artista em entrevista à repórter Vanessa Aquino.

Suassuna, que morreu em Recife nesta quarta-feira, 23, vítima de derrame acidente vascular cerebral, chegou a falar na entrevista sobre a formação de seu caráter através das perdas que sofreu.  "Essa personalidade que Deus me deu que me faz interessar muito pelo ser humano", comentou. Mantendo a reputação de otimista, Ariano conclui sua convers…

YAMLIKHA,A RAINHA DAS SERPENTES - CONTOS PARA LER E SONHAR

Yamlikha, A Rainha das Serpentes
Conta-se, ó afortunado rei, que vivia certa vez, na antiguidade dos tempos e antes do desenrolar de muitos séculos, um sábio grego chamado Daniel. Tinha muitos discípulos que lhe escutavam respeitosamente o ensino, mas não tinha um filho. Para herdar-lhe os livros e manuscritos. Após esgotar os outros recursos, Daniel apelou para o Senhor dos Mundos e, no mesmo instante, sua mulher concebeu. Durante os meses de gravidez da mulher, o sábio, dando-se conta de que era muito velho, pensou: ‘ A morte está próxima. Meu filho talvez não encontre meus livros e manuscritos intactos quando estiver na idade de lê-los." Assim presumindo, pôs-se a condensar seus 5 mil manuscritos em cinco folhas. Depois, reduziu estas a uma única folha. Quando sentiu o fim chegar, jogou os livros e manuscritos no mar para que ninguém os possuísse e entregou a folha de papel à mulher, dizendo-lhe: "Não verei nosso filho. Deixo-lhe contigo esta essência de todos os conhecime…